Skip to content

Conferência Internacional de Inovação no Cooperativismo Financeiro

Nos anos recentes o cooperativismo financeiro brasileiro obteve aumentos expressivos em seu volume de transações, número de associados e rede de atendimento.

Investimentos na profissionalização, melhorias na governança e produtos e serviços de qualidade possibilitaram aumentar a participação de mercado do cooperativismo, contribuindo para a inclusão financeira de importantes setores da população. Em muitas cidades a cooperativa é um dos maiores, em outras o único agente financeiro.

A solidez dos sistemas cooperativos, a oferta de produtos competitivos, a qualidade do atendimento e a força do relacionamento com associados e comunidades diferenciam as cooperativas dos bancos e são a base do crescimento do setor.

Estes resultados inspiram e motivam milhares de colaboradores e dirigentes de cooperativas em todo o Brasil. Eles se orgulham da contribuição para a melhoria da vida de milhões de brasileiros e de poder afirmar: onde tem cooperativa, tem desenvolvimento.

As experiências e lições do passado são importantes referenciais para o desenvolvimento futuro. Ao longo de sua história, o modelo de negócio cooperativo demonstrou viabilidade nos mais diversos contextos econômicos, sociais e políticos.

Podemos aprender muito com a história, mas sabemos que o futuro não será uma mera repetição do passado. As profundas e aceleradas transformações tecnológicas atuais e seus impactos na economia e na sociedade colocam o cooperativismo frente a novos desafios.

Até aqui o desafio foi aumentar a fatia do bolo, o market share. Mas e agora que a receita do bolo está mudando?

A profundidade e a velocidade destas mudanças colocam grandes desafios e oportunidades para o cooperativismo.

Neste contexto, quais são os principais desafios das cooperativas financeiras?

O que podemos aprender do passado, o que temos de mudar no presente para sobreviver no futuro?

Como inovar sem perder o DNA cooperativista?

Estas questões estarão no centro dos debates da Conferência Internacional de Inovação no Cooperativismo Financeiro – Cri8, 27 e 28 de junho em Maringá.

Inscrições: www.cri8.com.br

————————————————————————–

A Cri8 tem a coordenação técnica da COSINERGIA

12 comentários

  1. Tecris em 19 de março de 2019 às 08:52

    Parabéns pela iniciativa. Temas atuais e desafiadores. Sucesso garantido.

    • Carlos Alberto dos Santos em 19 de março de 2019 às 10:27

      Obrigado Tecris pelo feed back. A inciativa da Conferência é do Sicoob Unicoob. A COSINERGIA foi contratada para a coordenação técnica da Cri8.

  2. Silmar Pereira Rodrigues em 19 de março de 2019 às 10:32

    Excelente iniciativa. A revolucao tecnologica cria oportunidades, mas é letal para os que a ela não se adaptarem. O grande desafio para o cooperativismo de credito e claramente definido por Carlos Alberto dos Santos: “valer-se das novas tecnologias sem perder seu DNA”. Sucesso para a Conferencia.

    • Inocêncio Magela de Oliveira em 20 de março de 2019 às 13:43

      Parabéns Carlos Alberto, por mais essa iniciativa!!! Pense numa oficina de exercício radical e mental de ruptura com a existência de agências territoriais para apenas atendimento virtuais!!! “ como será o amanhã??? Responda quem souber”!!! OSistema Central Cecremge estará inaugurando a “ Agência Compartilhada por quatro Cooperativas” Pode servi para apresentação de um “case”.

      • Carlos Alberto dos Santos em 20 de março de 2019 às 18:29

        Obrigado Inocêncio Magela de Oliveira pela mensagem e sugestão.
        Estão surgindo muitas iniciativas inovadores no cooperativismo em todo o país. Creio que estamos no limiar de um grande salto de qualidade na compreensão da profundidade das mudanças que estão ocorrendo no sistema financeiro.
        Conhecer e refletir sobre estas mudanças é o objetivo central da Cri8 – Conferência Internacional de Inovação e Cooperativismo Financeiro.
        Grande abraço!

    • Carlos Alberto dos Santos em 20 de março de 2019 às 18:33

      A dialética da conservação e transformação também está presente nos processos de inovação em curso no sistema financeiro em geral e no cooperativismo em particular. O que mudar, o que conservar? Este é o fio condutor de um amplo debate na agenda da Conferência.
      Silmar, abraço e obrigado pela mensagem.

    • Carlos Alberto dos Santos em 21 de março de 2019 às 10:53
  3. Neilton Ribeiro da Silva Sicoob Fluminense. em 19 de março de 2019 às 21:57

    Você sempre produzindo grandes trabalhos para o Cooperativismo. O futuro para nós é hoje.

    • Carlos Alberto dos Santos em 20 de março de 2019 às 18:37

      Grande Neilton, você como sempre generoso nas palavras. Se não quisermos ser meros espectadores das mudanças , devemos ser protagonistas ede construir o futuro. Hoje e a cada dia..
      Grande abraço!

  4. Carlos Alberto dos Santos em 8 de abril de 2019 às 14:16

    Inscrições diretamente no site: http://www.cri8.com.br

  5. Elisa Peres em 15 de abril de 2019 às 12:11

    Inovação e tecnologia de um lado, cooperativismo e associativismo de outro! União desafiadora, no que diz respeito às culturas, mas necessária nos dias atuais! Excelente! Quero estar presente! Abraço Carlos Alberto!

    • Carlos Alberto dos Santos em 15 de abril de 2019 às 13:29

      Elisa, será um prazer contar contigo na Cri8. Inscrições diretamente no o site http://www.cri8.com.br

Deixe um Comentário