Skip to content

Vem aí o pagamento instantâneo

Ted ou Doc?

Nenhum dos dois.

Vem aí o pagamento instantâneo.

As transferências instantâneas irão facilitar e simplificar, a partir do próximo ano, transações financeiras entre pessoas, empresas, autônomos, profissionais liberais e governos.

Pagamentos e transferências on-line 24 horas por dia, sete dias por semana, sem os intermediários tradicionais, como #Visa, #Mastercard, #Cielo, #Rede, #Getnet e outros. Poderão ser feitas por celular, via whatsapp e outros aplicativos, ou utilizando-se de #QR Code, biometria facial, pulseiras eletrônica, permitindo assim a forte redução dos seus atuais custos para alguns centavos.

Não só teds, docs, boletos e guias de arrecadação perderão muito de sua importância atual. Até o pagamento de um simples cafezinho poderá deixar de ser de ser feito em dinheiro em espécie (o tal de numerário no jargão técnico).

Inovação e tecnologia a serviço da redução de custos de serviços financeiros e melhor experiencia do cliente. Uma pequena revolução.

4 comentários

  1. Luiz Ajita em 12 de julho de 2019 às 17:50

    Pequena revolução?? É um tsunami !!

    • Carlos Alberto dos Santos em 12 de julho de 2019 às 18:05

      É por aí, Luiz Ajita. Um tsunami está se formando – e com data prevista para acontecer.

      • Wilker ribeiro em 13 de julho de 2019 às 17:16

        Olá.
        Quem / quais empresas vão disponibilizar o serviço?
        Quando?

        • Carlos Alberto dos Santos em 13 de julho de 2019 às 21:44

          Wilker, os pagamentos instantâneos serão regulamentados pelo Banco Central e estão previstos para o próximo ano. Eles serão adotados por todos os tipos de instituições financeiras: bancos, cooperativas, fintechs, atuais operadoras de cartão de crédito, etc.

Deixe um Comentário